M-commerce: como vender mais no e-commerce mobile?

Como rentabilizar seu e-commerce com a venda de outros produtos e serviços?
Como rentabilizar seu e-commerce com a venda de outros produtos e serviços?
6 de novembro de 2018
Retargeting: o que é? Como pode ajudar a minha seguradora?
Retargeting: o que é? Como pode ajudar a minha seguradora?
6 de novembro de 2018
M-commerce: como vender mais no e-commerce mobile?

O Brasil fechou o ano de 2017 com 236,5 milhões de telefones celulares, o que significa uma proporção de 113,52 celulares para cada 100 habitantes, segundo números da Anatel. A quantidade enorme de linhas telefônicas ativas no país demonstra o quanto estamos imersos na tecnologia móvel o tempo inteiro — e o crescimento do m-commerce é apenas um resultado natural de uma população cada vez mais conectada e ávida pelo consumo rápido e acessível por meio dos smartphones.

Todo esse cenário abre os olhos dos gestores de lojas virtuais, que precisam agir rápido e garantir que suas páginas estejam acessíveis e competitivas diante da concorrência. Por isso, vamos ajudar você a se destacar com o seu m-commerce, com todas as informações necessárias e dicas matadoras para sua loja vender mais no e-commerce mobile. Acompanhe!

Foque no mobile

Mobile first é o mantra do momento. Esse conceito é importante a fim de se entender a importância dos usuários de dispositivos móveis para o seu comércio eletrônico. Mobile first significa pensar na sua página para celulares primeiro, sites responsivos com desdobramentos para outros dispositivos, como tablets e computadores desktop com telas grandes.

Isso porque as pessoas estão cada vez mais utilizando seus poderosos smartphones para as tarefas do dia a dia, diversão e consumo de conteúdo. Celulares fazem parte das nossas vidas o tempo todo, e sem sequer perceber, continuamos conectados 24 horas por dia, bastando sacar o aparelho para acesso instantâneo à web.

Antes, se falava em ter uma versão mobile para cada website. Hoje, os sites são projetados para dispositivos móveis em primeiro lugar. Isso é mobile first, uma mudança de conceito e de mentalidade coerente com o momento da tecnologia em que vivemos. Somente entendendo esse novo momento é que será possível melhorar as páginas e lojas para o m-commerce, com ações relevantes a fim de aumentar a conversão de usuários mais exigentes a cada dia.

Otimize o seu site mobile

Diante do panorama competitivo que descrevemos acima, é preciso ter um e-commerce de alto desempenho por vários motivos: garantir o engajamento dos clientes, ser eficiente para gerar vendas e aparecer bem colocado nas buscas relacionadas aos seus produtos e serviços.

Seu m-commerce precisa ser de rápido carregamento, independentemente da qualidade da conexão com a internet. Isso garante que o usuário não desistirá no meio do processo de compra, além de tornar a sua navegação mais suave, sem interrupções e travamentos desagradáveis. Isso também ajuda a aparecer melhor nas buscas do Google, que privilegia sites que consomem menor transferência de dados para favorecer a experiência do usuário.

Um e-commerce otimizado para dispositivos móveis tem uma navegação simples, confortável para se fazer com a ponta dos dedos, e deve reagir não só ao toque mas também a movimentos de segurar e arrastar. Lembre-se de que esse tipo de utilização é bem diferente de quando é usado mouse e teclado. Facilitar a navegação é o primeiro passo para converter mais no m-commerce.

Aumente a conversão no m-commerce

Vamos então às melhores práticas para potencializar ainda mais a conversão de usuários de dispositivos móveis do seu e-commerce.

Use botões grandes

Já falamos que nos dispositivos móveis é imprescindível garantir o conforto da navegação com a ponta dos dedos. Isso, basicamente, significa utilizar botões bem posicionados e grandes o bastante para os dedos de adultos selecionarem facilmente apenas a opção desejada.

Não se esqueça: mobile first! A navegação de sites em desktops é normalmente baseada em menus, com botões que podem estar dispostos de maneira vertical e horizontal e reagem ao cursor parado em cima da área clicável, o chamado mouse over. Nada disso funciona em celulares e tablets, o que deixa mais claro ainda o motivo de pensar no site primeiro para os dispositivos móveis, com estrutura e fluxos de navegação simples e pensados para usar as mãos em vez de teclado e mouse físicos.

Trabalhe com cuidado os links dos textos

Os hiperlinks, por outro lado, não favorecem muito a usabilidade em telas sensíveis ao toque. Nos acostumamos a usar palavras como âncoras clicáveis em páginas de texto, mas em dispositivos móveis elas podem se tornar um obstáculo quando o foco é aumentar as vendas.

Páginas cheias de botões e links exigem uma diagramação que considere espaços entre esses elementos para não dificultar a navegação, aumentando as taxas de conversão do seu site.

Deixe a busca sempre ao alcance dos dedos

Nada como uma busca bem localizada para fazer seus clientes encontrarem o que precisam de forma rápida e fácil.

Principalmente em um m-commerce, que pode ter milhares de produtos disponíveis! O que nos leva à próxima dica focada em aumentar as conversões no e-commerce.

Facilite a comparação de produtos

Além da busca, a comparação de produtos favorece muito a navegação em smartphones, porque oferece ao usuário uma ótima ferramenta para se decidir pela compra ao ajudá-lo a tirar suas dúvidas rapidamente.

Quando o consumidor tem dúvidas, frequentemente desiste do processo de compra, pensando em continuá-la depois — ou pior, procura outro e-commerce para ter certeza.

Elimine etapas dispensáveis

O funil de conversão de um m-commerce não pode se tornar um dificultador, um obstáculo a ser vencido. Uma boa prática para a usabilidade é quebrar formulários em etapas menores, mas multiplicar o número de passos necessários para um cliente concluir a sua compra nunca é bom.

Aposte em um fluxo eficiente para o seu cliente, desde a página do produto até o checkout. Estude os funis de conversões no Google Analytics para entender se existe alguma etapa em que a desistência é maior, e solucione o problema.

Se houver campos demais, ou informações desnecessárias nos formulários de cadastro, elimine. Deixe apenas o essencial, e depois consiga mais informações sobre o seu cliente aos poucos, oferecendo descontos para quem completar seu cadastro, por exemplo.

Aposte em menus curtos

Em telas pequenas, é melhor não inserir muito texto ou opções demais nos menus. Este é um dos maiores desafios que surgem quando o assunto é mobile first: a navegação deve ser intuitiva, o que é difícil de alcançar.

Pense bem na categorização de itens do seu m-commerce, pois isso torna a busca do usuário mais fácil, e a navegação entre os itens mais prazerosa e produtiva. No mobile, ainda mais do que nos computadores de mesa, dificuldades para navegar em menus complicados significa aumento na taxa de rejeição e redução das conversões.

Mais simples é sempre melhor

Escolha sempre o caminho da simplicidade, o famoso “menos é mais”. Quando a experiência de compra é simples, o visitante se torna cliente e volta depois. A ideia é que as pessoas possam comprar e navegar pelo seu site sem perceber a interface e sem a interferência de elementos que desviem a sua atenção do principal objetivo: a conversão.

Na dúvida, lembre-se disso. Simples é sempre melhor!

Gostou dessas ideias para vender mais no m-commerce? Confira também 5 dicas para melhorar a presença do seu negócio nos canais digitais e continue se informando mais sobre o assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *